Halitose

Mau hálito, também conhecido como halitose é um problema que muitas pessoas enfrentam. Calcula-se que aproximadamente 50% da população sofre ou sofrerá de halitose crônica em alguma época de sua vida.

A causa do mau hálito pode ser ocasionada por diversos fatores como:

Problemas dentários (má higiene bucal, gengivite e doenças
periodontais);

Próteses Totais (os alimentos e a placa bacteriana podem se aderir a próteses totais);

Problemas na boca, nariz e garganta (infecções dos seios [maxilares/paranasais] e da garganta ou tonsilite críptica);

Enfermidades sistêmicas (diabetes, infecção ou abscesso pulmonar, insuficiência renal/hepática, distúrbio gastrintestinal);

Fatores externos – alimentos, como cebola e alho, e bebidas, como café e álcool, e o fumo;

Má higiene bucal – quando a placa bacteriana e resíduos alimentares não são completamente removidos;

Amígdalas – as fendas (criptas) mais largas das amígdalas podem
permitir que os resíduos se acumulem na área;

Boca seca (xerostomia) – que pode ser causada por problemas nas glândulas salivares, medicamentos, respiração pela boca, radioterapia e quimioterapia;

O sucesso do tratamento depende da determinação de sua causa. Tão logo o dentista identifique a causa, o tratamento pode ser iniciado.

Se o problema for má higiene bucal e você tiver gengivite, (inflamação da gengiva) ou periodontite (perda do osso que sustenta os dentes), consulte um Cirurgiao dentista e peça instruções sobre como melhorar a higiene bucal.

Porem se o seu mau hálito persistir mesmo após uma boa escovação e o uso do fio dental, consulte seu dentista, já que isso pode ser a indicação da existência de um problema mais sério.